JF Castelões
 
Subscreva a nossa newsletter para se manter informado sobre a sua freguesia.
Nome:  
Email:   
subscrever
Está recenseado na Freguesia onde reside?
Sim
Não
votar
Portal do Eleitor
A Freguesia   ::  Património
Igreja Paroquial de Castelões - Igreja Matriz

(...)

Ao Capitão-Mor Custódio Francisco Braga, que em virtude de ter pago as obras de restauro da Igreja e de renovação da fachada da mesma, como consta da inscrição da porta principal, foi-lhe concedido, como forma de agradecimento, duas sepulturas na capela-mor da Igreja, junto às paredes laterais; do lado do Evangelho, sepultavam-se os Senhores da Casa de Santiago, do lado da Epístola eram as Senhoras da Casa, e no meio eram sepultados os reverendos párocos, isto por despacho de 24 de Novembro de 1741 de Dom Pedro da Conceição, Dom-Prior do Real Mosteiro de São Vicente de Fora, e por outro despacho de 7 de Novembro de 1741, este assinado por Sua Alteza Real o Senhor Dom José de Bragança, Infante de Portugal e Arcebispo Primaz de Braga (irmão do Rei Dom João V).

Como as obras de arquitectura ficaram a cargo de Custódio Francisco Braga, aos Cónegos Regrantes dos Mosteiros de Oliveira e de São Vicente de Fora ficou o encargo de mandar fazer o retábulo da capela-mor e respectivo tecto, executados pelos anos de c. 1741-1742.

O templo é todo feito em granito aparelhado, já amarelecido com os anos, tem planta simples, constituída por nave rectangular e capela-mor quadrangular, separadas por um arco cruzeiro de volta perfeita, assentes em pilastras de ordem toscana.

A fachada principal é virada a poente, com pórtico principal emoldurado, em cujo lintel tem gravada a inscrição:

"ESTA FRONTERA MANDOU FAZER COSTODIO FRANCISCO BRAGA PER SUA DEVOÇAM"

encimado por uma janela perspectivada, também emoldurada. Os cunhais são decorados com pilastras de ordem toscana encimadas por pináculos piramidais. A fachada é rematada por empena de bico (ligeiramente subida, ao contrário do que é habitual) tendo ao alto uma cruz de pedra. No exterior da nave, nos lados norte e sul corre uma cornija trabalhada; na parede norte, junto à capela-mor tem uma janela perspectivada e emoldurada; na parede sul, tem outra janela em tudo semelhante, e a meio do muro tem a única porta lateral da nave, também com moldura. A empena traseira da nave não é trabalhada e tem nos ângulos pináculos iguais aos da fachada, tendo ao alto outra cruz.

anterior  seguinte 
 
Câmara Municipal de Famalicão
IEFP
Onde Estamos
      2 utilizadores online